Brincar é coisa séria: como os playgrounds contribuem para o desenvolvimento motor

Desde o momento em que nascem, as crianças começam a adquirir habilidades motoras, como correr, saltar, pular e girar. Normalmente, essas habilidades se desenvolvem até os 7 anos de idade. Por isso, é tão importante estimular os pequenos desde cedo. Dessa forma, a brincadeira nos playgrounds pode ser uma importante aliada no desenvolvimento motor das crianças.

A afirmação é do ortopedista pediátrico Evandro Góis, que atua no Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba (PR). “Crianças que brincam no parque, que fazem qualquer atividade física com regularidade e intensidade, adquirem mais rápido essas competências motoras, o que as encorajam a continuar”, justifica.

Por outro lado, crianças com pouca competência motora terão baixa performance em qualquer esporte ou atividade física. O que, segundo Góis, desestimula que elas participem desse tipo de brincadeira. “Assim, essas crianças costumam se focar em jogos, televisão, celular, tornando-se adultos sedentários, com todas as consequências que vêm com isso”, acrescenta o ortopedista pediátrico.

Crianças que brincam no parque com regularidade e intensidade adquirem competências motoras mais rapidamente. Foto: Freepik.

Fato é que os playgrounds oferecem diversas possibilidades para as crianças. Elas podem ser divertir no balanço, na escalada ou no escorregador, por exemplo. E cada uma dessas atividades auxilia no desenvolvimento de diferentes habilidades motoras, psicológicas e sociais.

A seguir, confira os benefícios de algumas atividades dos playgrounds listados pela fisioterapeuta Taís Oliveira da Silva, mestre em Ciências da Reabilitação e docente na Faculdade Pitágoras/Unopar, e pela professora Deyse Oliveira, especialista em Psicopedagogia, que atua na Educação Infantil e no Ensino Fundamental, em Londrina (PR).

Escorregador ou tobogã

O escorregador promove o desenvolvimento do equilíbrio corporal, bem como, estimula na criança a noção de altura e proteção. Foto: Freepik.
  • Promove o desenvolvimento do equilíbrio corporal e estimula na criança a noção de altura e proteção, já que ela pode escolher diferentes formas de escorregar pelo brinquedo.
  • Exercita a postura e as diferentes posições para descê-lo.
  • Além disso, nesse aparelho o corpo se desloca e a criança percebe diferentes noções e sensações, como a velocidade de um corpo em movimento.

Balanço

Balançar desenvolve a velocidade, o impulso e o controle da força necessária para que ocorra o movimento do próprio corpo. Foto: Unsplash.
  • Estimula o nível de tolerância aos movimentos, por meio da ativação do sistema vestibular, estrutura que é responsável pela identificação da direção e da velocidade dos movimentos corporais.
  • Auxilia nos ajustes do equilíbrio. Dessa forma, o balanço é um importante recurso utilizado para a melhora da posição ortostática (em pé) e da marcha.
  • Desperta sensações prazerosas e trabalha a cooperação quando a criança auxilia outra a se balançar.
  • Desenvolve a velocidade, o impulso e o controle da força necessária, para que ocorra o movimento do seu próprio corpo sem colocar os pés no chão.

Túnel

  • Tem como principal estratégia o ganho de força dos músculos dos membros inferiores e da coluna vertebral.
  • Estimula a agilidade dos quatro membros para engatinhar.
  • Desenvolve a noção de espaço.

Escalada e escada

Crianças nos parquinhos
Fazer escaladas e subir e descer escadas trabalham com agilidade, coordenação motora e equilíbrio. Foto: Freepik.
  • O subir e descer escadas, abaixar, levantar, pendurar e escalar nos parquinhos fortalece os braços e as pernas, que são elementos básicos e importantes para uma boa aprendizagem futura.
  • Essas atividades trabalham com agilidade, coordenação motora e equilíbrio. Além disso, melhoram o condicionamento cardiorrespiratório das crianças, sendo assim, um exercício fundamental, que deve ser incentivado.
  • Auxiliam na melhora da resiliência, já que aumentam a confiança e permitem que a criança descubra e aprenda sobre seus próprios limites. Mesmo que de forma lúdica, esses ensinamentos são importantes para o desenvolvimento dos pequenos.

Brinquedos recreativos

Os playgrounds, espumados, gangorras e demais recursos recreativos da Brink Mobil são lúdicos e criativos, além de oferecerem segurança para a brincadeira. Eles estão disponíveis na versão fixa ou na modulável, em que as peças de diferentes naturezas podem ser agregadas à estrutura principal. Desta forma, são ótimas opções para customizar as brincadeiras de acordo com o espaço e os objetivos que se pretende atingir.

Leia Também: