Como organizar o espaço para o aprendizado na Educação Infantil?

Organizar o espaço para o Ensino Infantil deve ser uma das prioridades de todo educador. Isso porque ele tem, também, um potencial pedagógico. Da decoração das paredes à disposição do mobiliário, a organização pode facilitar o processo de aprendizagem, estimular a autonomia, o protagonismo e, acima de tudo, promover o acolhimento das crianças no ambiente escolar.

Por isso, é imprescindível que o espaço reflita a intenção pedagógica do educador. É o que explica a coordenadora pedagógica da Brink Mobil Equipamentos Educacionais, Ana Karine Czelusniak Chiquim. De acordo com a pedagoga, o ambiente é um dos chamados “organizadores da ação pedagógica”. Estes são um conjunto de cinco fatores que precisam ser pensados antes de qualquer proposta educacional. Incluem tempo, espaço, materiais, grupo e intervenções no espaço. Assim, cada espaço precisa estar de acordo com a atividade proposta.

“O espaço em si já comunica o que vai acontecer. Pela organização, pelo mobiliário, precisa estar claro qual é a intenção da professora”, afirma Chiquim. “ O espaço tem que comunicar. Ele também é uma linguagem.”

>> Laboratórios Brincar e Aprender: conjunto completos de recursos pedagógicos pensados para sua escola

Espaço x Intenção Pedagógica

Para além da intenção pedagógica da atividade, o ambiente comunica a própria perspectiva pedagógica da escola. “Eu sempre digo que, a partir de uma visita, a gente já consegue compreender qual é a concepção de infância daquela escola”, comenta a pedagoga.

Uma escola em que os móveis são baixos, por exemplo, reflete uma intencionalidade de estimular a autonomia das crianças. Já aquelas pensadas a partir da perspectiva do adulto, organizam o espaço de forma menos inclusiva. Assim, representam uma visão mais tradicional do ensino, considerando a relação professor-aluno, ao invés da relação mediador-criança. 

Assim, a primeira pergunta a ser feita na hora de organizar o espaço para o Ensino Infantil é: “esse espaço comunica a intenção pedagógica dos professores e da instituição?”.

Foto: Canva

Como organizar o espaço para o Ensino Infantil?

Organizar o espaço para o Ensino Infantil priorizando a experiência das crianças é um desafio. Por isso, separamos 5 dicas práticas da coordenadora pedagógica da Brink Mobil Equipamentos Educacionais, Ana Karine Czelusniak Chiquim:

  • 1. Tenha mobiliário adaptado: Para estimular o protagonismo das crianças, o ambiente precisa lhes proporcionar autonomia. Isso inclui adaptar o mobiliário, como, por exemplo, ter um bebedouro da altura das crianças. Passa também pela questão do conforto, com mesas e cadeiras adaptadas à estatura dos pequenos, além da segurança. “O espaço precisa ser delas. Eu sempre penso: se você diz ‘não pode’ ou ‘não suba’, aquele objeto não tem que estar ali”, aponta a pedagoga. 
  • 2. Inclua as crianças na decoração: Para que as crianças possam se apropriar do espaço, elas precisam se enxergar nele. Por isso, ao invés de decorações prontas e personagens, a pedagoga sugere que as próprias crianças façam parte da decoração, seja através de fotos ou trabalhos realizados por elas.
  • 3. Simule o ambiente de casa: Na primeira infância, promover um ambiente confortável significa também relacioná-lo à casa da criança, seu lar. “A primeira relação social é a família. Depois ela vai para a escola. Por isso é importante que a escola seja semelhante à casa, no sentido de conforto, de propor espaços que ela possa habitar e, então, ampliar seu leque de relações. Depois, através do jogo simbólico, do brincar, ela vai transpondo o que ela já vivenciou.”
  • 4. Crie contextos investigativos: Mesas e carteiras não bastam para estimular a potência intelectual — e motora — das crianças. Assim, a sugestão é criar contextos investigativos diferentes. Eles podem ser criados até mesmo em um único ambiente com diversos “cantinhos”. Uma minibiblioteca, uma mesa com jogos, um contexto investigativo-natural, com elementos da natureza são alguns exemplos. 

Crie um Laboratório de Brincar e Aprender na sua escola

Para ajudar os educadores a enriquecerem cada vez mais o ambiente da Educação Infantil, a Brink Mobil criou os Laboratórios de Brincar e Aprender. Eles são conjuntos completos de brinquedos e recursos pedagógicos, com um planejamento voltado tanto para o seu uso, quanto para o seu armazenamento. Assim, em um espaço planejado, os brinquedos e recursos pedagógicos ficam organizados, de fácil acesso, incentivando seu uso compartilhado.

Foto de um armário cheio de brinquedos e recursos pedagógicos, com o objetivo de organizar o espaço para o Ensino Infantil
Organizar o espaço para o Ensino Infantil com os Laboratórios Brincar e Aprender da Brink Mobil.

Além disso, a Brink Mobil propõe uma formação à equipe pedagógica, voltada a potencializar o uso dos Laboratórios, como explica Ana Karine. “Nessa formação nós apresentamos todos os materiais que vem no laboratório. Falamos sobre as possibilidades de investigação, o que o material atende e quais são os seus desdobramentos. Trazemos várias possibilidades de prática, para que o professor saiba o que ele está recebendo e como utilizar esse material.” 

Além da formação, alguns Laboratórios também contam com assessoria pedagógica. Ela é um acompanhamento que a Brink Mobil faz com os educadores, na qual um profissional acompanha o uso dos materiais no dia a dia para trazer novas propostas e ideias para que o trabalho não pare. 

Ficou interessado? Conheça nossos Laboratórios Brincar e Aprender da Brink Mobil!